sábado, 4 de setembro de 2010

- V de Para sempre


Hoje é um dia em que gritaria ao mundo o que tu és, em que contava histórias de encantar e embalar em que tu foste a protagonista. Sentar-me-ia diante um público e contaria tudo o que eras, em como te tornas-te. Segredava ao vento todos os defeitos que fazem de ti a mais perfeita das mulheres, rir-me-ia com o Sol quando lhe explicasse todas as vezes em que a parvoíce foi maior que nós, choraria com a Lua, quando lhe tentasse demonstrar as saudades que tenho de ouvir o teu "oh niiii". Hoje fazia o Universo compreender cada jeito teu, cada mania tua, cada traço e cada gesto que te tornam tão tu.
Agora, apetecia-me apenas narrar como é viver o dia-a-dia contigo, queria que todos percebemssem o quanto isso me amima, o quão feliz pode tornar uma pessoa.
Sabes porque não o faço, Joana? Porque seria em vão, ninguém iria perceber da mesma forma que eu, o quão perfeita és !
Amo-te Vi, e hoje tenho mesmo saudades tuas :'x

(Regras da Sensatez- Rui Veloso , a musica que serviu de "inspiração")

5 comentários:

  1. Lindo lindo lindo!! *.*
    Quem me dera escrever assim como tu!
    Adoro a foto :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Escreveste maravilhosamente como sempre. Mas como sempre conseguiste surpreender-me pela tua sensibilidade

    Bjts
    p.s: amo você


    MM

    ResponderEliminar
  3. Oh minha Ni como gosto de ler o que escreves ! <3

    ResponderEliminar
  4. ohhhh niiii! nem sei o que diga! Amo a tua sensibilidade, a tua simplicidade da escrita... tudo, AMO tudo em TI! saudades tuas?? vão deixando o meu coração, a cada dia que passa, mais preto :(

    ADOREI e não sei o que mais dizer :O

    A tua Vi!

    ResponderEliminar